ORGULHOSA



A ausência só mata quando
Definitivamente é necessária para poder ser
Quando em um minuto dói
No outro sabe-se que haverá agonia
E uma hora será um parto de um dia

A ausência só mata aqueles
Que cavam no buraco da dor
Alargam o espaço e ainda ocupam outros
Colocam neste vazio uma ferida
E bebem do próprio sangue para adormecer

A ausência só mata durante
Os dias mais barulhentos
Nas manhãs quentes e secas
Em lençóis delicados e brancos
E depois que se coloca o primeiro chinelo

A ausência só mata exatamente
No instante que a cor volta
Depois que a porta abre e o silêncio escoa
No último suspiro dela, só de mal, sussurra
E vai embora para nunca mais voltar

Aí... aí a ausência mata mesmo!

25 comentários:

  1. minhas palavras ficaram ausentes depois de ler isso.
    muito bonito, de verdade

    ResponderExcluir
  2. Nossa muito lindo o seu poema!! Realmente tocante!! Estou seguindo!

    http://wwwmelodiesworld.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Bem legal:
    Vejam meu blog: http://garimpodoeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. seguindo *-*
    segue lá tbn?
    http://gabrielymedeiros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Realmente, mata sim! rs
    Muito bonito o seu poema, profundo e tocante, palavras incríveis.

    Passa lá também,
    http://estude-me.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. A ausência só mata exatamente
    No instante que a cor volta

    Poxa cara, muito legal mesmo
    parabens mais uma vez ae ao blog Casa do Hippie!

    ResponderExcluir
  7. Fantásticoooo...


    Parabéns pelo blog!
    xcelente

    ResponderExcluir
  8. gostei do seu blog

    gostei msm

    mt coisa legal aqui

    seguindo vc tb

    ok's

    segue o meu la tb

    acesse http://www.iubdeds.com.br

    ResponderExcluir
  9. depois desse poema fiquei sem palavras, gostei muito do blog, continue assim :D

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. A ausência só mata durante
    Os dias mais barulhentos
    Nas manhãs quentes e secas
    Em lençóis delicados e brancos
    E depois que se coloca o primeiro chinelo

    apesar de parecerem simples, abstratos e sem sentido, foi com esses versos que eu mais me identifiquei. porque realmente faz sentido. eu ja me senti assim varias vezes. acho q me senti assim hoje mesmo gwuhauhaua da próxima vez q eu me sentir assim minha "ausência" será menor, pois vou lembrar q alguem mais tbm se sente ^^

    http://alvoradadosom.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. No momento estou te segindo apenas,mas prometo voltar em breve para comentar suas postagens! poderia seguir o meu? asim criamos um vinculo que facilite na divulgação de ambos os blogs!
    http://medicinepractises.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. "A ausência só mata aqueles
    Que cavam no buraco da dor [...]
    -
    Perfect

    ResponderExcluir
  14. Já diria o grande Raulzito, o mal do século é a solidão.

    ResponderExcluir
  15. Tem horas a ausência é necessário para pensar, refletir e fazer escolhas.
    Excesso de pessoas = Excesso de opiniões. Isso pode confundir umas cabeças!

    Feliz Natal!

    ResponderExcluir
  16. muito bonita poesia.. gostei.. :D

    ResponderExcluir
  17. muito boa...gostei...abçs

    http://vauneiguimaraes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Sempre achei que definitivamente a ausência pode matar e ser morta um dia!!!

    ResponderExcluir
  19. liindo *-* estou seguindo, me segue tambem ?
    http://thaisvalente.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. adorei o blog... endontrei por acosa e amei!!

    parabens é tudo mt lindo akie!!!
    bjus e me visita....

    http://sobnuvens.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Muito bom. Momento bicho grilo.
    Paz e amor.
    Bom domingo.

    William
    www.tocadowilliam.com

    ResponderExcluir
  22. bem criativo o poema parabens mt legal


    http://tocadoslinks.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Olá! Parabéns pelo seu Blog!
    Já estou lhe seguindo!
    Aproveitando também para divulgar os meus Sites...
    Siga-me também!
    http://www.martas-bgfs.com (Templates personalizados para Blogs)
    http://www.brilhosgifs.com (Gifs para Orkut e enfeites para Blogs)
    Abraços,
    Marta.

    ResponderExcluir